sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

2014.


quarta-feira, 6 de novembro de 2013

PARE DE TOMAR MULTA NO SEMÁFORO.

Motorista é uma terminologia dada a qualquer pessoa capaz de dirigir um veículo automotor, porém dentro desta definição estão inclusos os barbeiros, os domingueiros, os apressadinhos, os zelosos e outros que poderíamos perder um bom tempo tentando definir. Enfim, a patologia é vasta, mas uma coisa todos tem em comum: sempre levam multas em farol, principalmente por passarem no vermelho.
Como diria o comentarista esportivo: “a regra é clara”. No verde o cruzamento está liberado, no amarelo requer atenção (e pode-se seguir adiante **com atenção!**) e no vermelho devemos parar. Porém ainda fica aquela dúvida. Esta no amarelo e será que dá tempo de passar? Freio e levo uma buzinada, ou pior, uma pancada na traseira ou acelero e tento passar sem ganhar uma (ou mais uma) multa? Que dúvida cruel…
É incrível a quantidade de motoristas que levam multas diariamente, simplesmente pelo fato de desconhecerem algumas informações básicas contidas nos semáforos. E fica parecendo loteria. Vou ou não vou? Aiii… Vai dar… Vixe! Tomei uma multa!
Na foto ao lado pode-se observar um caso típico de sinal que acabou de ser aberto e os carros saindo. Porém, se observar melhor, verá que desde a faixa de pedestre há uma faixa contínua de alguns metros no sentido da via bem no meio das duas filas de carros. Alguém já notou isso?
Esta faixa tem uma importância muito grande, pois é ela que determina o tempo exato de você ser multado ou não ao passar no amarelo em um semáforo.
Em outras palavras, se você esta chegando no semáforo e o sinal fica amarelo, mas você já “adentrou” na extensão desta faixa e esta no limite de velocidade permitido para a via, você conseguirá fazer o cruzamento sem ser multado, pois dará tempo tranquilamente.
Por outro lado, se você esta chegando no cruzamento e o sinal ficou amarelo e você ainda não chegou até esta faixa contínua, você deve frear, pois fatalmente não conseguirá atravessar e ficará vermelho antes de você realizar este procedimento.
Caso não tenha percebido, passe a olhar para esta faixa sempre que chegar em um semáforo e vai notar que elas tem comprimentos diferentes, pois leva em consideração a velocidade permitida para a via e o tempo de sinal amarelo daquele semáforo. Enfim, é um cálculo médio de um tempo precioso que te salva te “herdar” uma multa e alguns pontos em sua CNH.
Um detalhe: dentro do Código de Trânsito Brasileiro não há informações sobre este assunto, porém as empresas responsáveis pelas faixas e construções de via, utilizam deste cálculo para construir esta faixa comentada acima e também é passado para os alunos dos cursos de formação de condutores.

Fonte: Carlos Pinto - jornalista.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

ALIMENTOS QUE AJUDAM NA FELICIDADE.


"Não tem quem não seja tomado por uma sensação reconfortante depois de fazer uma deliciosa refeição. E se no cardápio tiver um docinho de brinde, a vida fica melhor ainda. "Isso por que independente do alimento que consumimos, comer provoca uma confortável sensação de bem-estar já que suprimos as necessidades físicas do nosso organismo. Mas ainda há a turma de alimentos que potencializam esta reação, já que levam em sua composição, substâncias que aumentam a liberação da serotonina, hormônio neurotransmissor responsável pela sensação de prazer", explica a nutricionista e bioquímica Lucyanna Kalluf. "
BANANA, ABACATE, MEL, NOZES, PEIXES (SALMÃO, ATUM, CAVALINHA- ÔMEGA 3), GERMEN DE TRIGO, CANELA, LENTILHA, CHÁ VERDE E TOFU (QUEIJO A BASE DE SOJA) SÃO OS PRINCIPAIS ALIMENTOS GERADORES DO BEM ESTAR. 

Fonte: Natalia do Vale.

"PATACHO, O DRAMA DE UM PALHAÇO" DIAS 9 E 10, EM SANTOS.



Sábado (9), às 16 horas, no Mercado Municipal de Santos, será 

apresentada a peça "Patacho, O Drama de um Palhaço" do 

dramaturgo santista Roberto Villani com direção de Carlos Bellini.

O espetáculo foi contemplado pelo 3º Edital Cultural de Santos,

FACULT.

A peça conta a história de um palhaço sonhador que vive seu drama

ao se deparar com sua realidade e perceber que seu circo

está acabando. Relembrando sua vida no circo tenta passar ao seu

filho a importância de dar continuidade a sua arte, mas sua saúde

abalada deixa cada vez mais claro o seu fim.

O elenco conta com Romar Zacharias, Vitor Bach e Marília Siciliani.

Os figurinos são de Waldir Correia, cenário de Márcio Garrido com

coreografia de Tatiana Justel e produção executiva de Noa

Marchese. A peça também será apresentada dia 10, às 16 horas, na

Casa do Sol com entrada franca.

Fonte: www.institutoquero.org. 



ENSAIO ABERTO "TEATRO DE CENAS" DIA 18 NO MUNICIPAL DE SÃO CARLOS.

 No próximo dia 18, às 19:30h, no Teatro Municipal de São Carlos, Roberto Villani estará apresentando o Ensaio Aberto "Teatro de Cenas" com seus alunos do Curso de Teatro para Adultos. A apresentação é o resultado de 50 horas de aulas de teatro ministradas pelo Villani. O Ensaio Aberto reune cenas criadas pelos próprios alunos e excertos de obras do professor Roberto Villani. Portanto, trata-se de seleção dos melhores resultados observados durante as aulas.
A entrada é franca e livre.



quarta-feira, 23 de outubro de 2013

CARLOS BELLINI ESTREIA "PATACHO, O DRAMA DE UM PALHAÇO", DIA 29 NO TEATRO GUARANI EM SANTOS.




UM PALHAÇO SONHADOR, VIVE SEU DRAMA AO SE DEPARAR COM SUA REALIDADE E PERCEBER QUE SEU CIRCO ESTA ACABANDO, APÓS SAIR DE CENA DE SEU ESPETÁCULO.
ENTRE REMINISCENCIAS TENTA PASSAR AO SEU FILHO, JOVEM ESTUDANTE DE DIREITO, A IMPORTÂNCIA DE DAR CONTINUIDADE A SUA ARTE.
CERCADO DE LEMBRANÇAS, RELEMBRA SEUS MOMENTOS NO CIRCO, MAS SUA SAÚDE ABALADA DEIXA CADA VEZ MAIS CLARO SEU FIM.
ENTRE ALUCINAÇÕES E DEVANEIOS, AMORES, RANCORES, MONGA A MULHER GORILA, REVIVE TODO SEU UNIVERSO CIRCENSE AO LADO DE SEU FILHO, QUENEGA PRONTAMENTE A VOCAÇÃO DE SER UM PALHAÇO E ROMPE COM O MUNDO DAS ARTES PARA SE LIMITAR À SER ÓBVIO E PREVISÍVEL, MAS AGORA TRANSFORMADO, COMO EM UMA METAMORFOSE, EM UM SER (MAIS) HUMANO.

TEXTO: ROBERTO VILLANI
DIREÇÃO: CARLOS BELLINI
ELENCO: ROMAR ZACHARIAS, VITOR BACH E MARÍLIA SICILIANI
FIGURINOS: WALDIR CORREIA
CENOTÉCNICO: MARCIO GARRIDO
ILUMINAÇÃO: DAVID SEBASTIÃO
SONOPLASTIA: CARLOS BELLINI
ARTE: LINCOLN SPADA
IMAGENS: EDUARDO FERREIRA
PRODUÇÃO EXECUTIVA: NOA MARCHESE

sábado, 19 de outubro de 2013

LANÇAMENTO DO LIVRO "ISABEL, QUERMESSE E LUAR".



 Estou lançando o meu livro ISABEL, QUERMESSE E LUAR, uma reedição de publicação feita em 1968. Uma história simples que conta a história de Isabel, mulata lindíssima que vivia no Monte Serrat em Santos. A sua presença estonteante fazia delirar a malandragem do morro. Esta nova publicação é uma forma de resgate àquela edição, visando o registro histórico da época.

Preço: R$ 10,00 para entrega em mãos ou R$ 12,00 para envio simples pelo correio. 
Para contatos, e-mail mestrevillani@gmail.com ou 19 91201151.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

SAUDADES, QUERIDA MELINA!


HOMENAGEM MERECIDA.

A cadela Melina faleceu ontem para grande tristeza da família Villani-Borim. Tinha 15 anos e sempre foi considerada um membro da nossa família. Meu filho Beto R. Villani, que conviveu com ela por bom tempo, escreveu um lindíssimo texto para homenageá-la. Transcrevo, abaixo, o referido texto como nossa eterna homenagem a essa tão amada Melina, a “neguinha” como carinhosamente a chamávamos.



A despedida nunca é feliz, não nos preparamos para ela mesmo quando o tempo insiste em nos dar os sinais, vai passando a vida e com ela a sensação de que tudo é eterno. Não é, pelo menos neste plano em que vivemos e se amamos na vida será nas lembranças que iremos eternizar todos aqueles momentos que nos levaram a amar. Adeus jamais, quem sabe um até breve e se houve um tempo em que dividimos um velho lençol de um sofá cama, hoje dividimos uma história de amor que foi e é puro e verdadeiro! Grande beijo nesse focinho branco. Te amo!
Beto R. Villani

PARA QUEM TEM DIABETES.




Você amigo ledor, amiga ledora, tem diabetes? Então, atenção! A sua dieta não tem objetivos de restrições, mas de reeducação alimentar. Você não precisa parar de comer frutas porque elas têm frutose, que é um açúcar natural. Siga a orientação da endocrinologista e nutróloga Vânia Assaly que define o consumo de frutas, em porções controladas, principalmente daquelas que trazem mais benefícios à saúde. Abaixo, as frutas mais indicadas:

Maçã: ela é boa por ser fonte de diversas vitaminas, mas, na dieta de quem tem diabetes, o que ganha destaque é uma fibra chamada pectina. Ela se mostra eficiente não só no controle da glicemia como também na redução do mau colesterol. Segundo Vânia, a combinação dessa fruta cozida com canela tem resultados ainda melhores, pois prolonga a sensação de saciedade.
Blueberry: embora não seja uma fruta típica do Brasil, a blueberry desempenha um papel importantíssimo na dieta de quem tem diabetes. ?Ela tem alto poder antioxidante, reduzindo a ação dos radicais livres - associados ao envelhecimento - e prevenindo câncer, doenças cardíacas, mal de Alzheimer e muitas outras doenças?, explica a endocrinologista. Além disso, ela combate infecções e impulsiona o sistema imunológico. Fique atento, porém, ao fato de ela ter um índice glicêmico altíssimo.
Abacate: por quase não conter açúcar e por ser rico em uma gordura que aumenta o bom colesterol, o abacate é uma fruta bastante indicada para portadores do diabetes. Além disso, essa gordura nobre deixa o processo de absorção dos alimentos mais lento, prolongando o tempo de saciedade, aponta a endocrinologista Vânia. No entanto, a fruta é bastante calórica e deve ser consumida com moderação, principalmente, por quem está acima do peso.
Cereja: a cor vermelha da cereja já denuncia a sua alta concentração de flavonoides, compostos com alto poder antioxidante, antiinflamatório, antiviral, antialérgico e anticarcinogênico - combatentes do câncer. "Ela também é composta pelas vitaminas A, C e E que, juntas, são capazes de restringir a propagação das reações em cadeia e as lesões induzidas pelos radicais livres, responsáveis por danificar células sadias do corpo", explica Vânia. Entretanto, assim como a blueberry, ela eleva os níveis glicêmicos.
Limão: rico em ácido cítrico e ácido ascórbico, o limão atua beneficamente em diferentes partes do corpo. Primeiro, ele evita hemorragias, uma grande preocupação para quem tem diabetes, já que a dificuldade de cicatrização e a consequente possibilidade de infecções são maiores. Além disso, a alta concentração de ácido nicotínico protege as artérias, prevenindo problemas cardiovasculares, uma tendência para quem tem a doença. Por fim, ele diminui a viscosidade do sangue, o que é essencial, uma vez que, junto com o diabetes, existem alterações que predispõe a um maior risco de trombose.
Amora: embora tenha um índice glicêmico alto, a amora é rica em compostos que estimulam e aceleram a liberação de insulina, melhorando a síntese de glicose. Essa fruta também é responsável por normalizar a pressão arterial e atuar como bactericida e antiinflamatório, completa Vânia.
Coco: "Por ser rico em ácidos graxos e ácido láurico, o coco é um importante combatente de bactérias e fungos", explica a endocrinologista. Tais substâncias também cumprem um papel importante na nutrição das células intestinais, enriquecendo a imunidade. Por fim, a gordura do coco favorece a saciedade e reduz a inflamações, além de ser um alimento que reduz a carga glicêmica, especialmente quando combinada com outras frutas ou carboidratos.
 Imagens: Getty Images.

O REI E O BURRO.



Era uma vez um rei que queria ir pescar.
Ele chamou o seu meteorologista e pediu-lhe a previsão do estado do tempo para as próximas horas.
Este assegurou-lhe que não iria chover.
... Como a noiva do monarca vivia perto de onde ele iria, ele colocou o seu
terno mais elegante.
No caminho, ele encontrou um camponês montando seu burro que viu o rei e disse:
- "Majestade, é melhor regressar ao palácio porque que vai chover muito."
É claro que o rei ficou pensativo:
- "Eu tenho um meteorologista muito bem pago que me disse o contrário. Vou seguir em frente."
E assim fez ... e, claro, choveu torrencialmente.
O rei ficou encharcado e a namorada riu-se dele ao vê-lo naquele estado.
Furioso voltou para o palácio e despediu o seu empregado.
Ele convocou o camponês e ofereceu-lhe o trabalho de meteorologista, mas este disse-lhe:
- "Senhor, eu não entendo nada disso, mas se as orelhas do meu burro estão caídas, significa que vai chover."
O rei contratou o burro.
Assim começou o costume de contratar burros que desde então têm as posições mais bem pagas no governo…

Fonte: Internet.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

ESSA É DAS BOAS!


CULTURA: "CHOMSKY E A MÍDIA" - NEY VILELA.



Chomsky realiza uma interessante análise dos meios de comunicação de massa em suas estruturas e restrições, além de seu papel no apoio aos interesses das grandes empresas. Como cidadão norte-americano, é evidente que Chomsky ilustra suas análises com exemplos da ação dos grandes empresários e do governo de seu país. Mas talvez seja impreciso dizer, como fazem alguns de seus críticos, que as observações de Chomsky a respeito da mídia tenham validade apenas para a realidade dos EUA.
A análise dos meios de comunicação de massa parte do seguinte princípio: diferentemente dos sistemas políticos totalitários, nos quais a força física pode ser facilmente usada para coagir a população como um todo, as sociedades mais democráticas precisam se valer de meios de controle bem menos violentos. Em uma fase frequentemente citada, Chomsky afirma que "a propaganda representa para a democracia aquilo que o cacete significa para o estado totalitário."
Em Fabricando o Consenso, livro escrito em conjunto por Edward S. Herman e Noam Chomsky, os autores exploram este tema em profundidade e apresentam um modelo de propaganda dos meios de comunicação com numerosos estudos de caso extremamente detalhados para demonstrar seu funcionamento.
Para que se avance no estudo do modelo de propaganda, definiremos operacionalmente viés social como inclinação ou tendência, de uma pessoa ou de um grupo de pessoas, que impede julgamentos e políticas imparciais e justas para a sociedade entendida como um sistema social integral. É dessa forma que Chomsky explica a existência de um viés sistêmico dos meios de comunicação em termos de causas econômicas e estruturais ao invés de uma conspiração criada por algumas pessoas contra a sociedade.
Em resumo, o modelo mostra que esse viés deriva da existência de cinco filtros que todas as notícias precisam ultrapassar antes de serem publicadas e que, combinados, distorcem sistematicamente a cobertura das notícias pelos meios de comunicação.
1. O primeiro filtro - o da propriedade dos meios de comunicação - deriva do fato de que a maioria dos principais meios de comunicação pertence às grandes corporações empresariais.
2. O segundo - o do financiamento - deriva do fato dos principais meios de comunicação obterem a maior parte de sua receita não de seus leitores, mas sim de publicidade (que, claro, é paga pelas grandes empresas). Como os meios de comunicação são, na verdade, empresas orientadas para o lucro a partir da venda de seu produto (os leitores, ouvintes ou espectadores) para outras empresas (os anunciantes!) o modelo de propaganda prevê que se deva esperar a publicação apenas de notícias que reflitam os desejos, as expectativas e os valores das empresas anunciantes.
3. O terceiro filtro é o fato de que os meios de comunicação dependem fortemente das grandes empresas e das instituições governamentais como fonte de informações para a maior parte das notícias. Isto também cria um viés sistêmico contra a sociedade.
4. O quarto filtro é a crítica realizada por vários grupos de pressão que procuram as empresas dos meios de comunicação para pressioná-los caso eles saiam de uma linha editorial que esses grupos acham a mais correta (isto é, mais de acordo com seus interesses e não os interesses de toda a sociedade).
5. As normas da profissão jornalista, o quinto filtro, refere-se aos conceitos comuns divididos por aqueles que estão na profissão do jornalismo.
Ney Vilela

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

sábado, 31 de agosto de 2013

PRÊMIO FUNARTE ARTES NA RUA (CIRCO, DANÇA E TEATRO) 2013.


INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 10 DE OUTUBRO DE 2013.

A Fundação Nacional de Artes lançou o Prêmio Funarte Artes na Rua (circo, dança e teatro) 2013. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 26 de agosto. Ao todo, serão contemplados 70 projetos nas seguintes modalidades: montagem ou circulação de espetáculos de rua; performances cênicas ou intervenções na rua; registro e memória de grupos e suas atividades. O investimento total é de R$ 3 milhões e as premiações variam entre R$ 32,7 mil e R$ 60 mil.

Através deste programa, a Funarte pretende fomentar atividades que busquem, nas apresentações de rua, um novo significado para o espaço público. Podem se inscrever e concorrer ao Prêmio pessoas físicas ou jurídicas com ou sem fins lucrativos, de natureza cultural. Somente serão aceitas inscrições de projetos enviadas pelo correio (Sedex ou carta registrada). As inscrições estão abertas até o dia 10 de outubro.




Mais informações
Fundação Nacional de Artes – Funarte
Coordenação de Circo
(21) 2279 8034

 

NEY VILELA EM DESTAQUE.



Ney Vilela, Coordenador de Artes e Cultura da Prefeitura Municipal de São Carlos, sempre dá oportunidades aos artistas da região de mostrarem seus trabalhos na midia sãocarlense. Hoje é a ele que damos a chance de mostrar um pouco da sua vida cultural, através do programa PROFISSÃO CULTURA, da TVE São Carlos. Basta acessar o link abaixo:




VOCÊ ESTÁ ON OU OFF? IMPERDÍVEL!


Encaminhada pelo jornalista Carlos Pinto.
Mensagem muito bonita.
 

Cliquem no link abaixo e vejam que espetáculo!!!!



 

 

terça-feira, 20 de agosto de 2013

"OUTRA VEZ JOÃO E MARIA", CURTA METRAGEM EM MOGI MIRIM. VOCÊ ESTÁ CONVIDADO.


Duas Historias, um atraso, um encontro, e o recomeço...
Adaptação do Conto da Autora e Atriz Liliana Alegre.

Vidraça Cia de Teatro e Paco Hurberts Produções apresentam o curta-metragem que tem como cenário a cidade de Mogi Mirim, vem aí...
“Outra Vez João e Maria”
Estréia Oficial
Dia 25  de Agosto  às 19:00
Local:  Centro Cultural de Mogi Mirim – Entrada Franca

Você é o nosso convidado especial  para prestigiar a Festa do Cinema Mogimiriano  que contará com várias atrações:
Abertura do III Festival de Cinema
Formatura dos Alunos do Projeto Cinema e Cidadania
Exibição dos Filmes produzidos pelos alunos

Mogi Mirim Vai Respirar Cinema !

Realização: Vidraça Cia de Teatro e Paco Hurberts Produções
ApoioNoz Moscada

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

MOSTRA DE TEATRO DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE SANTOS COMEÇA NESTA SEGUNDA 19.


O Teatro Guarany de Santos é palco para a V Mostra de Teatro do Sindicato dos Metalúrgicos, que começa nesta segunda e segue até sexta-feira. Mais de 30 companhias teatrais da Baixada Santista se apresentarão durante o festival, que este ano presta homenagem ao ator santista Nuno Leal Maia, presente na noite de abertura.  
A proposta da Mostra é abrir espaço para os grupos apresentarem diferentes linguagens teatrais, com peças a preços populares. As montagens terão exibições diárias, com sessões às 19h, 20h30 e 22h.
Além dessa programação, ocorrerão performances às 20h15. Outras dicas são o espetáculo infantilPinóquio, no dia 20, às 15h, e a produção de teatro de rua Ôtovino, dia 22, às 17h, na Praça dos Andradas.
Os ingressos custam R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia-entrada). Mais informações pelo telefone 13 3219-3828. O endereço é Praça dos Andradas, nº 100, no Centro Histórico de Santos.
De A Tribuna On-line

UM PROGRAMA POLÍTICO DE QUALIDADE.

 
“A vida que não passamos
Em revista, sem reflexão,
Não vale a pena viver.”
(Sócrates)

             No último dia 15 de agosto, o PPL – Partido Pátria Livre apresentou seu programa no horário político da televisão. Alguns de seus dirigentes do Diretório Nacional e dos Diretórios Estaduais colocaram com muita clareza e transparência, qual a posição do PPL frente aos fatos que hoje ocorrem no país.
             As críticas ao sistema econômico defendido pelo Governo Federal, e que vem aos poucos fragilizando nossa economia, na medida em que não privilegia como deveria o fator do crescimento. A demanda por vagas no mercado de trabalho escasseia, e nossa indústria voltou a entrar no compasso das demissões. Toda política econômica equivocada, acaba por massacrar a classe operária.
            Ao que parece o Governo Federal está um tanto quanto perdido, em função da queda de popularidade que as pesquisas indicam. Acima de tudo, mais preocupados ainda com a reeleição, deixando de lado pontos importantes que poderiam colaborar nessa pretensão. Não se veem indícios de mudanças no atendimento de saúde para a população, e a simples contratação de milhares de médicos pouca utilidade terá. Nossos hospitais públicos estão desaparelhados, os postos de saúde são uma verdadeira esculhambação, onde falta de tudo. Médicos, remédios, profissionais das várias especialidades e acima de tudo: humanidade no atendimento.
             Uma das questões abordadas nesse programa e que me fala muito de perto, é a situação em que se encontra a Petrobrás. Os leilões das nossas jazidas petrolíferas, soam como uma entrega de nossas riquezas às multinacionais do setor. O desmatamento desenfreado produzido por ruralistas predadores, não consegue ser refreado pelo governo, e a concretização de uma reforma agrária séria, parece não estar nos planos desse governo.
             As taxas de juros se elevando a cada dia, fazem os lucros exorbitantes e as fortunas dos banqueiros nacionais e internacionais. As várias críticas desferidas pelos manifestantes em suas passeatas, parecem que tontearam de vez as cabeças pensantes do governo central. Some-se a isso, as várias denúncias de corrupção, quer seja política quer seja empresarial, denúncias essas que varrem o país de norte a sul e ninguém consegue frear tais desmandos. A situação em que se encontram os nossos tribunais, notadamente o STF, onde é visível a conotação política de seus membros, quando essa conotação deveria ser simplesmente jurídica.
             Todo mundo furta e ninguém vai para a cadeira, exceto os pés de chinelo, os maus pagadores de pensões alimentícias, e os membros das classes ditas inferiores. Acostumados que estamos a ver programetes políticos de baixa qualidade, sempre com os mesmos senhores feudais dos partidos em ação no país, é muito promissor que, apesar de novo, o PPL se apresente como o diferencial desse quadro político partidário abjeto, que hoje domina o cenário nacional.
CARLOS PINTO
Jornalista
(18.08.13)
 

domingo, 18 de agosto de 2013

O PORNÔ NO CINEMA.


1.    “Nicolas Cage vive Tom Welles em '8 Milímetros', um detetive que é contratado por uma viúva para descobrir se seu falecido marido encomendou a morte de uma jovem. Durante a investigação, Tom acaba se envolvendo com o mundo da prostituição.
2.    'About Chery', com o ator James Franco, conta a história de Angelina, uma jovem problemática que se muda para São Francisco e, a partir de então, passa a se envolver com a indústria pornográfica.

      3.    Larry Flint, criador da 'Hustler', uma espécide de 'Playboy', teve sua trajetória retratada no filme 'O Povo Contra Larry Flynt', com Woody Harrelson no papel principal. Flint causou muita polêmica nos Estados Unidos, provocando a ira de grupos anti-pornografia.
     4.    Imagine um ator pornográfico decadente (Val Kilmer) que faz parte de uma quadrilha que rouba traficantes. Agora imagine que essa quadrilha é inteira encontrada morta, menos o ator! Gostou? Então assista 'Crimes em Wonderland',baseado na história real de John Holmes, consagrado por participar do clássico pornô 'Garganta Profunda'.
5.     5.  'Pagando Bem, Que Mal Tem' aborda de uma maneira muito mais leve a pornografia. Seth Rogen e Elizabeth Banks resolver fazer um filme erótico para conseguir dinheiro, mas, claro, nem tudo dá certo!
6.   6.  Amanda Seyfried será Linda Lovelace, estrela de 'Garganta Profunda', no longa 'Lovelace' que estreia no Brasil no fim de agosto.
7.    7. 'Boogie Night - Prazer Sem Limites' conta a história de Eddie Adams, um garoto bem-dotado que é descoberto por um diretor pornô que o transforma em Dirk Diggler, um famoso ator de filmes "adultos" dos anos 70.
8.    8. 'Um Filme Sérvio' é, provavelmente, um dos mais pesados da lista.Um ator pornô aposentado está vivendo problemas financeiros quando é convidado para participar de um filme erótico experimental que, na verdade, era uma série de estupros, torturas físicas, mentais e mais.”

 FONTE: YAHOO CINEMA (www.yahoo.com.br)

 

sábado, 17 de agosto de 2013

"SEM MITOS, O MUNDO FICA VAZIO", ARTIGO DE NEY VILELA.



Segundo a Escola de Frankfurt, os filósofos ilustrados queriam livrar o mundo do feitiço. Pretendiam erradicar os mitos e, por consequência, eliminariam a imaginação, substituindo-os pelo saber.
O casamento feliz entre o entendimento humano e a natureza das coisas, que Bacon tinha em vista, era patriarcal: o entendimento, que venceu a superstição, devia ter voz de comando sobre a natureza desenfeitiçada. A técnica é a essência desse saber.  O objetivo da técnica não é a busca de conceitos ou imagens nem a felicidade da contemplação, mas o uso do método, a exploração do trabalho dos outros e o acúmulo de capital. Segundo os iluministas, o que os homens querem aprender da natureza é como aplicá-la para dominar completamente os acontecimentos naturais e todos os outros homens. Fora disso, nada conta. Poder e conhecimento são sinônimos.

O desenfeitiçamento do mundo, promovido pelo Iluminismo, é a erradicação do animismo. Xenófanes zombava dos muitos deuses, por serem eles semelhantes aos homens, que os produziram, no que estes têm de acidental e de pior. (...) Para os iluministas, o animal totêmico, os sonhos de um visionário e a ideia absoluta, não possuem diferenças entre si. Mas, ao caminhar em busca da ciência moderna, os homens se despojam do sentido. Eles substituem o conceito pela fórmula, a causa pela regra e pela probabilidade. O que não se ajusta às regras do interesse calculista e da utilidade é suspeito para o Iluminismo. O Iluminismo é totalitário. (ADORNO e HORKHEIMER).

 Ou como diriam Adorno e Horkheimer, em Dialética do Iluminismo: “O racionalismo das luzes adota a mesma atitude com relação aos objetos que o ditador em relação aos homens. Conhece-os para melhor os dominar”.
Max Weber, em seus escritos, parece ir ao mesmo caminho de Adorno e Horkheimer, pois considera que à medida que o mundo é despojado de seus aspectos místicos, míticos, sagrados e proféticos, acaba se tornando mecânico, repetitivo, causal. O mundo assim desencantado deixa um imenso vazio na alma.
O sentimento de vazio, apontado por Weber, se aproxima dos escritos de românticos como Novalis e Hölderlin, que viviam a perda de valores tradicionais e o advento do mundo utilitário e do prestígio do dinheiro como alienação do homem no mundo; sentimento de que os homens são estranhos no mundo – um sentimento de exílio. Tanto para Weber quanto para os românticos, o fortalecimento do capitalismo e a universalização do valor de troca, do mercado, do dinheiro como fetiche são vividos como miséria.
Novalis e Hölderlin, os românticos em geral, Weber, Adorno e Horkheimer concordam em considerar que não são os homens ativos e conscientes que comandam o mundo das mercadorias, mas, ao contrário, são as mercadorias que determinam as relações entre os homens. O mercado mundial é a forma contemporânea de destino.

Ney Vilela


 

GOL DE PLACA.


                Ronaldo, com camiseta azul, acomodado no sofá da sala, assistia ao jogo de futebol entre Azulões e Rubros. Campeonato estadual, disputa do título. Cervejas e batatinhas dispostas na mesa de centro.
                Juquinha, o filho de Ronaldo, 12 anos, fazia embaixada sobre o tapete da sala.              
                - Você ainda  vai fazer estragos com essa bola. – advertiu Ronaldo.
                O menino não lhe deu ouvidos. E num lance maravilhoso, chutou a bola de encontro a televisão. A pelota atravessou a tela, voou sobre o campo e entrou no gol dos Rubros. O juiz apitou e indicou o centro do campo. E os Azulões venceram o torneio.
                - Pai, o juiz não viu que a minha bola é de borracha...
                - Vencemos, é o que importa.
                - E eu perdi minha bola para sempre. – comentou triste.
                - Amanhã eu te compro outra.
Autor: Roberto Villani.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

"SALVEM O TEATRO... MATEM ESSA MULHER."

 


Andréa Beltrão interpreta Jacinta na peça teatral do mesmo nome, em São Paulo, no SESC Vila Mariana. Mulher muito pobre,  Jacinta é apaixonada por teatro. A performance teatral dessa personagem chega a ser ridícula, mas ela decide interpretar um texto do poeta Gil Vicente para a rainha de Portugal Dona Maria. A monarca, diante de tão reles interpretação, sente-se mal e morre diante da atriz. Mas antes de morrer, Dona Maria diz: "Meu último desejo é que matem essa mulher. Salvem o teatro, matem a que se diz Jacinta".
A história de Jacinta é dramática e cômica ao mesmo tempo, tendo em vista a saga triste de sua vida e os lances de humor na interpretação magistral da Andréa. É um paradoxo: Jacinta é a pior atriz do mundo vivida por uma das maiores atrizes da atualidade. Vale a pena conferir.
JACINTA - SESC Vila Mariana. Rua Pelotas, 141, 5080-3000. 6ª e sáb. 21 h; dom., 18 h. De R$ 6,40 a R$ 32. Até 22/9.

"FLORES RARAS", FILME DE BRUNO BARRETO COM GLÓRIA PIRES, NOS CINEMAS.



      Esse filme, baseado em fatos reais, conta a dramática história da arquiteta carioca Lota de Macedo Soares, que participou da construção do Aterro do Flamengo no Rio de Janeiro. Lota envolve-se amorosamente com a poetiza americana Elizabeth Bishop, premiada pelo prêmio Pulitzer em 1956. O romance entre as duas aconteceu entre 1951 e 1965.
     Lota é vivida por Glória Pires, enquanto Elizabeth é interpretada por Miranda Otto.

Ficha Técnica
Gênero: Drama
Diretor: Bruno Barreto
Elenco: Glória Pires, Lola Kirke, Marcelo Airoldi, Marcio Ehrlich, Miranda Otto, Sophia Pavonetti, Tracy Middendorf, Treat Williams
Produção: Lucy Barreto, Paula Barreto
Roteiro: Carolina Kotscho, Matthew Chapman
Trilha Sonora: Marcelo Zarvos
Duração: 116 min.
Ano: 2012
País: Brasil
Cor: Colorido
Distribuidora: Imagem Filmes
Estúdio: Globo Filmes / GLOBOSAT / LC Barreto/ Filmes do Equador
Classificação: 14 anos

 

GUGU ENGORDA A SUA POUPANÇA.

O Gugu Liberato não perde oportunidades financeiras. Não está mais na TV, mas fatura com contratos de publicidade. Recentemente assinou contrato com o Banco do Brasil para gravar campanha promocional com altíssimo cachê. Soube que é por volta de dois milhões. Gugu agora é parceiro de Reynaldo Gianecchini nas campanhas do Banco do Brasil. Enquanto não decide se vai ou não para o SBT (é o que dizem), Gugu engorda sua poupança bancária como garoto propaganda.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

FILME BRASILEIRO NO FESTIVAL DE TORONTO: FAROESTE CABOCLO.


Esse festival (Festival Internacional de Cinema de Toronto) abre anualmente as apresentações de estreias internacionais de filmes que poderão ser indicados para o Oscar. Isso aconteceu com o filme ARGO, em 2012, e com o filme O SEGREDO DOS SEUS OLHOS, em 2009. Também abre as portas para produtores independentes de longas de acordos com distribuidores dos Estados Unidos.
Estaremos na 38ª edição do festival que acontecerá entre os dias 5 e 15 de setembro. Além do FAROESTE CABOCLO, também participará do certame o filme O LOBO ATRÁS DA PORTA, dirigido por RENÊ SAMPAIO.
Entre os  filmes internacionais participantes destacamos a ficção científica GRAVIDADE, de ALFONSO CUARÓN, e o drama histórico 12 YEARS A SLAVE, com MICHAEL FASSBENDER e BRAD PITT.

NICOLE, A FANTASMINHA DA NOVELA "AMOR À VIDA".


Pelo que ouvi, a atriz MARINA RUI BAROSA, a Nicole da novela “Amor à Vida”, terá que se arrastar pelos próximos capítulos com o vestido de noiva usado nas cenas do casamento com o Thales (Ricardo Tozzi). Uma espécie de NOIVA CADAVER, uma linda fantasminha a atormentar os seus algozes, principalmente a Leila (Fernanda Machado).

Mas vocês sabem quanto custou o vestido de noiva da Nicole? R$ 20.000,00




sábado, 10 de agosto de 2013

III FESTIVAL DE CINEMA DE MOGI MIRIM.

O IIII Festival de Cinema de Mogi Mirim será realizado de 13 a 22 de outubro 2013, momento onde vamos promover a produção de filmes de curta-metragem, incentivar as discussões, a formação e a experimentação na área do audiovisual, oferecendo exibições públicas, debates, palestras, premiações e oficinas aos participantes.

Uma Iniciativa das produtoras Vidraça Cia de teatro e Paco Huberts Produções, com apoio da Prefeitura de Mogi Mirim, por meio da Secretaria de Gestão Social - Gerencia de Cultura e Turismo, tendo a finalidade de promover a democratização do acesso à produção audiovisual, por meio da divulgação e exibição de obras de curtas-metragens. Divididos nas categorias Ficção, documentário, animação e trabalhos estudantis, podendo participar produtores e estudantes locais, regionais, nacionais e internacionais. Será uma semana onde Mogi Mirim e região, terão a oportunidade de festejar com a Sétima Arte. Toda a Programação será Gratuita!

Regulamento e ficha de Inscrição
informações: http://vidracadeteatro.blogspot.com.br/